Mercado

Facebook programa lançamento de anúncios no Messenger

Facebook programa lançamento de anúncios no Messenger

O Facebook anunciou hoje, no evento Open Book – uma série educacional para lideranças de agências e especialistas em Social Media - que em breve irá introduzir anúncios no Messenger. Semelhante à forma como os anúncios do Facebook e/ou Instagram podem ser ativados e estendidos para o Facebook Audience Network, agora será possível que essa expansão ocorra para o Messenger.

Assim como costumam fazer com seus produtos, o Facebook originalmente lançou o Messenger livre de anúncios. Isso permitiu que sua audiência adotasse mais facilmente a plataforma, ao mesmo tempo em que mostrava ao Facebook o comportamento natural do usuário dentro do aplicativo para ditar o formato e a experiência dos próprios anúncios. Com mais de 1,2 bilhão de usuários ativos mensalmente, o Messenger tem mais de 2 bilhões de mensagens por mês sendo trocadas entre pessoas e empresas, de acordo com o Facebook.

Com a presença da Inteligência Artificial em tudo, desde as Buscas por Voz até aplicativos de bate-papo e de anotações, os dados que o Messenger fornece podem aumentar ainda mais o poder e expandir a sofisticação publicitária do Facebook. Por conta disso, não é novidade para nós aqui na iProspect que o Facebook ampliasse seus horizontes para esse marketplace.

Até agora, os únicos anúncios do Messenger eram anúncios do Feed de notícias que levavam o usuário para o Messenger para engajamento com o anunciante, ou mensagens patrocinadas para aqueles que já interagiram com a marca no Messenger. Esses novos posicionamentos aparecerão como uma publicação na página, mas, em vez de estar no Feed de notícias, os anúncios aparecerão entre as conversas no aplicativo.

Por enquanto, esses novos anúncios irão suportar todas as segmentações do Facebook atualmente disponíveis, com objetivos de clique e conversão. As marcas poderão usar imagens únicas e carrosséis - em breve vídeos - e estará disponível em todos os mercados que suportam o Facebook e o Messenger.

Então, o que estará por vir?

Quando um beta se torna uma versão alfa ou um lançamento oficial, normalmente antecipa-se quais os formatos de anúncio ficarão disponíveis. Estamos presumindo que as camadas de segmentação específicas do Messenger serão adicionadas no futuro, potencialmente com base em sentimentos, análises de tópicos ou atividades (compartilhamento de fotos, etc.). Isso, obviamente, virá com limitações, já que a privacidade foi (e continuará sendo) uma prioridade para o Facebook.

O que eu posso fazer agora?

Com esse inventário adicional para ser usado, os anunciantes têm um novo posicionamento para testar. Se isso atender às suas diretrizes de segurança de marca e se os cliques ou conversões forem um dos principais objetivos, recomendamos expandir para o Messenger. Continue rastreando resultados para determinar a eficácia da estratégia e a alocação ideal do orçamento.

Conforme essas novas postagens forem mostradas como patrocinadas, nós acreditamos que ficará claro para o consumidor que este é um anúncio e não está associado a nenhum rastreamento de conversas privadas. Não sentimos que haja qualquer risco de segurança à marca associado a esta novidade.

A iProspect como parceiro global do Facebook tem acesso a esse e outros betas nos países em que estão disponíveis. Se você tem interesse em saber mais, entre em contato com a equipe da iProspect.